sexta-feira, 30 de setembro de 2005

Ainda em tempo, estou pra ver coisa mais sem propósitos e, no mínimo, anacrônica que o Festival Cultura.
As poucas apresentações que assisti me deram a nítidia sensação de algo pasteurizado - quer fazer mpb contemporânea meu bem? Eis a receita:
Coloque a sua sandália (ou bolsinha de crochê caso você seja menina) e aposte na mistura de ritmos brasileiros.
Isso. Muita mistura com ranço de Vila Madalena no melhor estilo de Rípi que deu certo na vida.

E teve vaia na final.
Embora ache que a dupla Luis Tatit e Dante Ozetti peca pelo intelectualismo pretensioso semi-ripóide, sim, eu concordo com as vaias: eles mereciam o primeiro lugar e não a medalha de prata.
Até mesmo porque Contabilidade, a grande ganhadora, é simplesmente um vômito.

Algo a declarar?

Nenhum comentário: