segunda-feira, 3 de outubro de 2005

30 dias

Completo hoje 30 dias de Copan.

O saldo real que posso comentar - e sou capaz de perceber com alguma clareza - é a sensação da saída do casulo familiar.
Sensação ótima.
É como a da libertação de completar os 18 anos, só que desta vez de verdade.
Pra valer.
Genuína.

Não, não sinto saudades.
Minto: sinto saudades dos meus gatos.
Não exatamente da minha família porque percebo, agora mais claramente, que se trata daquelas que funcionam melhor quando as partes estão longe uma das outras.

Abaixo os almoços familiares.
Abaixo as justificativas.
Abaixo as intromissões bem intencionadas.

A minha escova de dentes que está sozinha - e muito bem assim - tem preguiça disto tudo.

4 comentários:

Jettany disse...


Dilicia, senti seu texto introspectivo...

Se quiser uma força, rir muito, tomar uma coisinha ou fazer uma festa de escovas de dentes.

Tô disponível.

Anônimo disse...

Ainda está devendo o chá de cozinha, antes que vire uma festa de um ano, né!

Murilo

Anônimo disse...

Já aCopaNou-se, então...

Patrício Bisso

Anônimo disse...

A senhora é fina, hein meu bem? Parabéns pela liberdade conquistada. E quando teremos comes e bebes? risos

Beijão, Wans