sábado, 18 de março de 2006

Sinestesia Urbana

Foi um jejum de um mês.
Um mês, é.
Mas digo que fora um jejum forçado pelas tarefas que quase me engoliram por completo. Confesso que o meu maior medo, não é exatamente o de ser engolido pelas tarefas, mas do ônus que isso possa trazer: o sujeito engolido é um sujeito morto na medida em que se torna incapaz de perceber o mundo através da sua lente, a lente da reflexão.

Por isso voltei. Porque aqui dicuto e reflito. Porque aqui sou vivo e sou pleno.
No momento fico com uma ótima do Pierre Janet:

Discutir é refletir com os outros; refletir é discutir consigo mesmo.

Cheers!

efeméride

Ainda em tempo: parabéns!
Parabéns,sempre colhendo com a mão a pimenta e o sal.