sexta-feira, 3 de abril de 2015

O expresso oriental (ou o famoso trem da morte)

O trem é um barato e muito melhor do que se lê por aí.
Pelo que entendi houve uma reforma. Agora há apenas 2 trens de classe um única (o que eu peguei e o ferrobus, melhor ainda).

1- As instalações e segurança: são muito confortáveis e muito semelhante ao que eu vi na Espanha, por exemplo. O trem conta com um vagão restaurante e televisores de LCD e um staff (ferromoços?) bastante atencioso. Havia famĺias com crianças e uma turma bem bicho grilo (e animada!) fazendo artesanato de sisal e comendo sanduíche de queijo com guacamole. Não vi perigo algum.

2 - A programação na TV: passam DVDs que tocam uma espécie de lambada boliviana (que já estava cansando a minha beleza). Depois colocaram um filme à la Sessão da Tarde que não lembro qual era e depois O nascimento de Cristo seguido da Vida de Cristo. (A Bolívia é um país muito católico e a páscoa se aproxima). Teve mais um ainda mas tomei Dramin e não lembro de mais nada.

3 - A comida: muito boa, adorei. No almoço frango com grãos e arroz muito saboroso e cheiroso e no jantar salpicão de frango com arroz. É possível passar o tempo tomando café ou jogando baralho no vagão restaurante.

Nenhum comentário: